fbpx
NOTÍCIAS DO CAFÉ

WORLD COFFEE RESEARCH IDENTIFICA QUATRO PRIORIDADES PARA PESQUISA & DESENVOLVIMENTO

Pinterest LinkedIn Tumblr

A WCR (World Coffee Research) emitiu um relatório identificando as quatro principais prioridades para pesquisa e desenvolvimento agrícola no café.

Desde a sua criação em 2012, a World Coffee Research (WCR) tem se dedicado a garantir o fornecimento sustentável de café de qualidade que seja rentável para os agricultores por meio de pesquisa e desenvolvimento (P&D).

Reprodução: World Coffee Research

No início de 2020, a organização se comprometeu a ajustar sua abordagem estratégica e desenvolver uma agenda de pesquisa para os próximos cinco anos, buscando alcançar membros, parceiros e governos – para ouvir sobre às necessidades atuais e prioridades de pesquisa na agricultura cafeeira em meio ao cenário de rápida evolução na busca por sustentabilidade.

O resultado foi uma consulta global que abrangeu 140 entrevistas e 896 respostas para pesquisas com representantes em todo elo produtivo. Essa divulgação está resumida em um novo relatório: a Consulta Global sobre Conscientização de Pesquisa, Desenvolvimento e Prioridades do Café em 2020.

“Nós evoluímos e crescemos como organização e nosso portfólio de programas está chegando a um ponto de inflexão natural”, diz Jennifer ‘Vern’ Long, CEO da WCR.

LEIA TAMBÉM: COFFEE SCIENCE FOUNDATION INICIA PESQUISA SOBRE COLD BREW

“Garantir que nossos programas e atividades sejam amplamente relevantes para a comunidade cafeeira  é fundamental para que os recursos estejam alinhados e complementem o cenário de investimentos. Precisamos ser ágeis e receptivos e o envolvimento com a comunidade é fundamental para garantir que estejamos focados nas coisas certas “.

Para conduzir a consulta, a WCR concluiu 137 entrevistas em profundidade com as partes interessadas do setor cafeeiro de 31 países da África, Ásia, América Latina, Europa e Américas, representando programas de pesquisa cafeeira, torrefadores e associações de agricultores. Também pesquisou 894 pessoas de todo o setor cafeeiro, 261 das quais eram CEOs ou donos das empresas.

As quatro prioridades globais comuns:

  1. Rentabilidade do agricultor como o ponto central da sustentabilidade
  2. Diversidade de origem para mitigação de riscos da cadeia de suprimentos e diversidade de sabores
  3. Qualidade para consistência e sabor
  4. Adaptação e mitigação do clima

Além dessas prioridades, o relatório resume o conhecimento das partes interessadas sobre os atuais esforços de P&D Agrícola no café e analisa especificamente as prioridades das torrefações e de compradores de café, que incluem o acesso a um suprimento consistente e de alta qualidade para uma variedade de origens e melhor engajamento para a rentabilidade dos agricultores, além do enfrentamento das mudanças climáticas.

“A mudança climática é a questão que define o nosso tempo”, diz Vern. “Tudo o que a P&D agrícola faz deve ser orientado para abordá-la e criar resiliência e diversidade nos sistemas de produção de café. Os comentários dos torrefadores confirmaram que nossa presença global é mais relevante do que nunca, pois procuramos apoiar seus objetivos de gerenciar o risco de suprimento através do aumento da produção de café em muitos países. Além disso, a qualidade é um diferencial crítico no mercado, e o feedback da comunidade reforça nossos esforços para abordar a qualidade em nosso portfólio de programas. ”

O relatório também analisa os interesses de P&D das partes interessadas por região, que incluem melhor acesso a variedades melhoradas na América Latina, melhor controle de pragas e doenças na África e produção de Robusta na Ásia. O relatório conclui com uma análise do horizonte de novas áreas em potencial de P&D agrícola como previsão do tempo da próxima geração, precursores genéticos / moleculares do sabor e custos / métodos de mecanização versus colheita tradicional.

Com a consulta agora concluída, a WCR está pensando em como incorporar sugestões dos interessados ​​em seu programa enquanto conduz os esforços contínuos de P&D com as comunidades cafeeiras de todo o mundo. A consulta é fundamental para ajudar a construir os próximos cinco anos de estratégia relevante e tecnicamente sólida.

“Nos próximos meses, refinaremos nosso portfólio de programas para aprofundar o engajamento em vários países para aumentar a competitividade dos países”, diz Vern.

“Também vemos a ampla demanda por comunicações e conectividade aprimoradas entre os parceiros da cadeia de suprimentos – agricultores, pesquisadores nacionais, comerciantes e organizações de apoio a agricultores – e faremos parceria com a comunidade para aprimorar essa conectividade e garantir a relevância contínua de nosso portfólio, mas assegure também que a mensagem saia das tecnologias e opções testadas para melhorar a lucratividade, a produtividade e a qualidade “.

Faça o download do relatório de 2019 AQUI.

ASSINE NOSSA NEWSLETTER E NÃO PERCA NADA

Originalmente publicado em  Global Coffee Report

×