fbpx
Tag

olimpíadas

Browsing

Dentre as riquezas do nosso Brasil, além dos cafés, temos uma jovem cafeicultora, atleta de tiro esportivo, que mira seus esforços para chegar nas Olimpíadas, cujo alicerce está no café especial. Neste artigo, vamos apresentar a história de Brenda Pereira, sua relação com o café e como ela se prepara para o maior evento esportivo do mundo.

Confira todos os detalhes nos tópicos abaixo!

FAMÍLIA DE CAFEICULTORES

Brenda Pereira é filha de Luciano e Elizângela Pereira, faz parte da quarta geração de uma família de cafeicultores da cidade de Manhuaçu, em Minas Gerais, região das Matas de Minas.

O Sítio da Tapera, propriedade da família de Brenda, está localizado aos pés do Pico da Bandeira, no Parque Nacional do Caparaó.


VEJA TAMBÉM : A IMPORTÂNCIA DA INDICAÇÃO GEOGRÁFICA PARA O CAFÉ


Seu bisavô foi um dos pioneiros na região a cultivar cafés, cultura que permaneceu e foi se desenvolvendo, passando por gerações.

Desde o princípio,  seu avô e seu pai, que somaram à renda, a agricultura de subsistência, como o cultivo de milho e feijão,  mantiveram o café sempre como o protagonista em suas terras.

Cafeicultora do tiro esportivo
Brenda Pereira é atleta de tiro esportivo

Atualmente, a própria Brenda, com apenas 16 anos, que busca as inovações para o negócio da família, conciliando seus estudos, os treinos no esporte e o trabalho na lavoura.

Cada geração deu sua contribuição, aumentando a área plantada, introduzindo novas cultivares, implementado novas técnicas, novos equipamentos, até que a nova geração (da Brenda), trouxe a tecnologia para dentro do sítio. Dessa forma, possibilitou o contato com os compradores e admiradores do café lá da cidade grande, o que nos despertou o interesse pela oportunidade de vender nosso café diretamente ao consumidor final, diz Luciano, pai da Brenda. 

Segundo Brenda, o envolvimento com o café vem de forma natural. Ela cita que começou carregando água, depois foi auxiliando em tarefas leves, e quando percebeu, já está fazendo de tudo, no processo de colheita e pós colheita.

De acordo com a jovem “atualmente, é através do celular e da internet que buscamos abrir novos horizontes e possibilidades, mas as dificuldades ainda são muitas”, comenta.

Brenda Pereira na lavoura de café
Brenda Pereira, 16 anos participa ativamente da produção de cafés

ATLETA DO CAFÉ

O talento de Brenda, vai além da cafeicultura, ela também se destaca como uma atleta brasileira recordista de tiro esportivo. 

Em 2016, seu pai adquiriu uma carabina de chumbinho e diante da curiosidade da filha, entendeu que era prudente ensinar-lhe o manuseio correto, a fim de evitar qualquer acidente com o equipamento.

Em janeiro de 2017, Brenda e o pai, ingressaram em um clube de tiro da cidade e, apesar da pouca experiência e idade (com apenas 12 anos, na ocasião), a menina já se destacou pela habilidade com o tiro. 


MAIS SOBRE CAFÉ E ESPORTE: CAFÉ E BIKE, UMA CAFETERIA FORA DA CAIXA


Essa habilidade notável de Brenda os motivaram para a participação em competições de outros níveis em diversas cidades.

A cada competição, despertavam curiosidade nos demais participantes por sua origem na cafeicultura. Ficavam satisfeitos em apresentar seu café a outras pessoas, e dessa forma, animaram-se a aprimorar seus processos, buscando cada vez mais qualidade em seus grãos.

CURRÍCULO DE CAMPEÃ

Como sabemos, os atletas brasileiros dependem muito de suporte, e Brenda recebeu incentivo de alguns apoiadores, como o Clube de Tiro Guardiões do Caparaó, da empresa Dematek com o empréstimo de equipamento para treino e competição. Além disso, o ex- atleta Mauro Salles a presenteou com uma Carabina Fein 800, e a jovem recebeu uma roupa olímpica confeccionada a mando de um empresário do Paquistão.

A junção dessas forças, sobretudo o talento e força de vontade de Brenda, lhe garantiram esta lista de classificações:

  • Tri-campeã Mineira – CMA (Carabina Mira Aberta)
  • Tetracampeã Brasileira – CMA
  • Tricampeã do Campeonato CenBra (Centro Brasileiro) – CMA
  • Tri-campeã da Copa Brasil – CMA
  • Bi-campeã Mineira – Carabina de Ar 
  • Campeã Brasileira – Carabina de Ar
  • Bi-campeã da Copa Brasil – Carabina de Ar
  • Recordista na CMA e na Carabina de Ar, nível mineiro e brasileiro. 
  • Melhor colocação internacional:  11º lugar no Campeonato RWS COP em Dortmund, Alemanha

E os títulos não ficaram apenas no esporte. A família de Brenda compreendeu que poderia desenvolver seus processos para uma melhor qualidade de seus grãos, e implementaram melhorias, desde o manejo do solo até o pós-colheita para a produção de cafés de classificação especial e em 2020, receberam o 3º lugar no Concurso Municipal de Qualidade do Café de Manhuaçu.

Brenda Pereira com medalhas
Brenda Pereira no pódio

AS OLIMPÍADAS NO ALVO

Brenda nos conta que procura evoluir cada vez mais, dedicando-se muito e participando de competições internacionais e chegar até as Olimpíadas. 

Tentará disputar o campeonato mineiro e brasileiro, que lhe possibilitará a busca por vagas nas disputas internacionais.

Os campeonatos mineiro e brasileiro estão previstos para outubro e dezembro de 2021, respectivamente, se o calendário não sofrer alterações diante da instabilidade que a pandemia impõe em relação aos eventos.

DESAFIOS 

Brenda revela que, dentre tantas dificuldades, um dos seus maiores desafios é quebrar a barreira do preconceito, pois como qualquer esporte, o tiro envolve disciplina, calma, concentração e treino, e nada tem a ver com a violência de armas de fogo, como algumas pessoas confundem.

O outro grande desafio, é captar recursos para as despesas, sejam os custos de viagens para treino e provas, assim como os próprios equipamentos, que são, em sua maioria, importados.

A família Pereira procura ingressar no mercado de cafés de qualidade, inclusive para que essa renda colabore na missão de Brenda como atleta, mas esse também é outro desafio.

Sabemos do potencial do nosso café, mas nos deparamos com a dificuldade de ter acesso nas grandes cidades e conseguir vender um produto 100% puro, com nossa marca ainda pouco conhecida, concorrendo com outros cafés de preço baixo, mas que não valorizam a qualidade dos grãos, nem a história de suas origens” diz Brenda.

Para colaborar nessa empreitada, receberam apoio da EMATER com suporte técnico e do projeto Rota do Café do Brasil

CONCLUSÃO 

O Café da Brenda foi abraçado pelo projeto Café Delas, uma iniciativa social da mestre de torras Karla Lima, que tem como missão fomentar renda para mulheres através do café, e agora, também colaborar para o sonho olímpico de Brenda.

Café Delas by Karla Lima

Karla desenvolveu um perfil de torra para esse primeiro lote e conseguiu colaborações de parceiros com a embalagem e rotulagem, e o próximo passo é alavancar as vendas do café, para trazer os recursos para esse propósito.

Para contribuir, é possível adquirir o Café da Brenda pelo site clicando aquiOu você pode colaborar com o projeto Café Delas pela vaquinha eletrônica, contribuindo com qualquer valor.

Para saber mais sobre a história inspiradora da Brenda Pereira, acesse aqui e vamos juntos torcer por essa brilhante atleta do café!

×