fbpx
Tag

notícias do café

Browsing

Pensa em abrir uma cafeteria ou já tem uma, mas quer ficar por dentro de como funciona uma gestão adequada do negócio? Então, não perca a oportunidade e participe da segunda edição da Semana da Cafeteria,  evento promovido pelo Barista Wave Academy, que acontecerá de 10 a 12 de maio, a partir das 20h.

Continue a leitura para saber como participar do evento 100% online e gratuito!

Como foi a primeira edição

No mês de janeiro, foi realizada a primeira edição do evento, que foi chamado de Semana da Abertura de Cafeteria, conforme aponta Daniel Teixeira, idealizador do Barista Wave Academy. A proposta foi criar uma semana voltada somente para o tema “abertura de cafeteria” e surgiu a partir de uma conversa com Sebastian Grau, consultor e mentor em abertura de cafeterias.

A proposta foi criar um evento digital, 100% gratuito, com programação para todos que quisessem empreender nesse nicho, independentemente da fase do projeto. O conteúdo ajuda tanto quem ainda está imaginando a cafeteria própria quanto pra quem já está operando o negócio. Na primeira edição em janeiro de 2021, o evento ofereceu palestras gratuitas com especialistas, mostrou cases de sucesso  e disponibilizou para os inscritos um curso gratuito sobre Marketing para Cafeterias.

Além disso, o evento contou com diversas sessões de tira-dúvidas ao vivo entre o público participante e os palestrantes. “A primeira edição foi finalizada com o público pedindo mais uma edição e com feedbacks super positivos”, disse Daniel Teixeira.

A primeira edição foi bem recebida pelo público e durante o evento o consultor Sebastian Grau, abriu turma para a sua mentoria digital completa, que usa como material base, o curso e as apostilas do Mapa de Abertura de Cafeteria.

A empresária Fernanda Bisollo aproveitou o conhecimento adquirido para fazer os últimos ajustes do negócio, com o Café Sophie, localizado na cidade de Seara, em Santa Catarina.

“Quando vamos iniciar um projeto não conseguimos mensurar quantas precisamos fazer, são inúmeros as dúvidas que aparecem. Alguns caminhos podem parecer bons, mas senão cuidarmos eles podem acabar se tornando verdade são armadilhas, hoje eu sei que o Café Sophie é algo muito maior e mais complexo do que quando comecei a sonhar com ela”,
alerta Fernanda que está com a cafeteria CAFÉ SOPHIE, em Seara, cidade com 17.000 habitantes em Santa Catarina.

Participei do evento digital e do curso Mapa de Abertura de Cafeterias que me abriram a mente sobre o que fazer e quando fazer. Quando vamos abrir uma cafeteria, é tanta coisa pra pensar e tantas dúvidas que aparecem… Aprendi que alguns caminhos podem parecer bons, mas senão cuidarmos eles podem acabar se tornando armadilhas. Hoje sei que o Café Sophie é algo muito maior e mais complexo do que quando comecei a sonhar com ela. Comenta Fernanda Bisollo.

Fernanda é dona da cafeteria Café Sophie, em Seara, cidade com aproximadamente 17.000 habitantes no estado de Santa Catarina.

Café Sophie na cidade de Seara-SC

Semana da Cafeteria 2.0

A Semana da Cafeteria 2.0 será realizada na próxima semana, de 10 a 12 de maio, das 20h às 22h (horário de Brasília), ao vivo por meio do canal no YouTube do Barista Wave. Os conteúdos serão apresentados pelo mentor e consultor Sebastian Grau, com apoio de Daniel Teixeira, do Barista Wave Academy.

No evento, Sebastian Grau fará o lançamento da terceira turma do curso Mapa de Abertura de Cafeterias, com condições especiais e vagas limitadas.

“Além do conteúdo estruturado como um mapa de conhecimento os alunos enviam as dúvidas na própria área de membros e contam seus desafios, inspirando novos colegas a continuarem na jornada até a abertura da cafeteria”, comenta Sebastian.

Sebastian Grau é proprietário das cafeterias My Coffee Shop Project, com uma unidade nas cidades de Tubarão e Imbituba, todas localizadas em Santa Catarina.

Frente My Coffee Shop Project
My Coffee Shop Project, Imbituba —SC

Quem pode participar

O evento é destinado para todas as fases do projeto de abertura de uma cafeteria. Quem está apenas imaginando o projeto vai se beneficiar do encadeamento de conteúdo que será abordado.

Além disso, é voltado também para quem já opera uma cafeteria, ou está prestes a abrir uma, e quer ter acesso a processos que certamente vão facilitar o dia a dia do gestor desse tipo de negócio.

Como será a programação

10 de maio (segunda-feira)

No primeiro dia de evento, serão abordadas oportunidades que estão surgindo no novo mercado de cafeterias no Brasil e muito conteúdo técnico para dar os primeiros passos na abertura da cafeteria própria, seguindo a lógica do plano de ideia, cardápio, layout, equipe e ponto.

11 de maio (terça-feira)

Neste dia, o evento vai iniciar com o objetivo de fazer com que o aluno entenda importância de seu projeto para o mercado e para o país, e como deve pensar no layout, conforme o cardápio.

12 de maio (quarta-feira)

O último dia de evento será marcado por um resumo do que aconteceu no primeiro e segundo dia. Em seguida, Daniel Teixeira e Sebastian Grau vão apresentar alguns números e indicativos que envolvem a abertura e gestão de uma cafeteria.

Também serão apresentados temas como precificação, ponto de equilíbrio e demais questões financeiras.

Como se inscrever

Veja a transformação do Café Sophie

A Specialty Coffee Association (SCA) realizará nos dias 13 e 14 de abril,  de 12h às 17h, o Coffee Retail Summit, evento online e gratuito para empreendedores do café. O objetivo é apresentar aos setores de varejo e cafeterias informações relevantes de como lidar com o negócio em meio a uma série de desafios, principalmente com a Covid-19.

Além do evento virtual, a organização também fará o lançamento da sua nova biblioteca on-line, que permitirá aos visitantes acessarem pesquisas, podcasts, apresentações e textos relevantes, que poderão auxiliar as empresas de café a enfrentarem os desafios atuais e futuros.

Programação

O evento contará com três tópicos destinados ao setor de varejo de café, confira:

Navegando no COVID-19: tópico destinado para a discussão sobre como lidar com as novas tarefas que as empresas precisaram adotar devido à pandemia. O assunto foi criado a partir de pesquisas científicas e percepções da comunidade de líderes empresariais.

Negócios no café: voltado para apresentar os passos necessários para a criação de um negócio, até o acompanhamento da evolução constante da experiência de varejo.


VEJA TAMBÉM COMO FUNCIONA A ESCALA DE CORES PRESSCA


Serão apresentadas ferramentas para auxiliar os empreendedores a entenderem onde sua empresa se situa no grande ecossistema de varejo de café, e também, ajudá-los a tomar decisões sobre os seus respectivos negócios.

Construa sua marca: tem como foco apresentar a importância da comunicação empresarial, marketing e marca. A SCA revela que a partir das pesquisas com a Covid-19, notou-se a importância da conexão com o público local, que representa a base do sucesso do varejo.

Para mais informações, acessar a página do Coffee Retail Summit.

Conhece algum empreendedor de café? Não deixe de compartilhar esse conteúdo, o evento será gratuito!

As máquinas de café WMF já são conhecidas nos McDonald’s da Alemanha. Já são mais de 25 anos oferecendo café ao público, por meio de suas máquinas automáticas e profissionais. Agora, a empresa trabalha no desenvolvimento de soluções personalizadas para continuar atendendo a gigante do fast food. Saiba como!

WMF e McDonald’s

A parceria de longo prazo entre os dois líderes de mercado é baseada em uma estreita colaboração. A WMF cita que a missão de sua equipe de gerenciamento de contas principais é entender todos os detalhes do que a organização McDonald’s e seus franqueados na Alemanha desejam e precisam.

Em seguida, vão trabalhar para fornecer conceitos de solução de ponta a ponta para que atendam a esses requisitos.

As máquinas de café WMF se tornaram um recurso padrão em muitos locais do McDonald’s, atendendo milhões de convidados com especialidades de café de qualidade premium todos os anos.


LEIA TAMBÉM COMO ESCOLHER A MÁQUINA DE ESPRESSO IDEAL


Café feito por barista

O lançamento no mercado da máquina portafiltro automatizada WMF Espresso em 2015 foi um marco crucial compartilhado na parceria entre as duas empresas. Isso marcou uma nova era de cooperação como parte da transformação de muitos locais do McDonald’s em um modelo de “restaurante do futuro” e uma atualização do conceito de café sob o lema “café feito por barista”.

Até o momento, mais de 700 máquinas de café expresso WMF foram instaladas em restaurantes McDonald’s em toda a Alemanha, com milhares de aparelhos em uso em outros países em todo o mundo.

Os conceitos de café premium têm sido uma característica familiar da indústria global de fast food e food service por muitos anos. A WMF afirma que aparelhos potentes e confiáveis, capazes de fornecer café de alta qualidade de forma consistente, são cruciais para seu sucesso.

McDonald’s pioneira

No início da década de 1990, a McDonald’s foi uma das primeiras empresas na Alemanha a seguir essa tendência, por isso optou por máquinas da WMF.

Desde o início, a WMF cita que seus gestores de conta nacional e internacional desempenharam um papel decisivo neste relacionamento, estando presente em todas as fases do processo colaborativo – desde a definição inicial de requisitos, até as necessidades do mercado.

No final de 2019, a McDonald’s converteu a maioria de suas instalações na Alemanha em seu conceito de “restaurante do futuro”.

A WMF esteve diretamente envolvida neste grande projeto desde o início, ainda no ano de 2015. As adaptações foram feitas à máquina porta-filtro automatizada WMF Espresso já na fase de desenvolvimento para atender aos requisitos específicos dos restaurantes McDonald’s modernos e dos McCafés que eles abrigavam.

Ser capaz de preparar especialidades de café com o padrão de barista e com o talento associado a um café clássico, sem ter que gastar muito tempo e dinheiro no treinamento da equipe, foi algo que impressionou particularmente o McDonald’s.

Com base em suas experiências positivas de trabalho com a WMF na Alemanha, o McDonald’s foi rápido em expandir a colaboração para outros países. O WMF Espresso tem obtido sucesso em locais do Reino Unido, França, Espanha e Holanda, através da Polônia e Europa Oriental, e além de Taiwan, Indonésia e África do Sul. O destaque mais recente da máquina é a instalação em todas as subsidiárias do McCafé em Taiwan.

Como resultado dessa cooperação extensa e de longo prazo entre as duas empresas, o McDonald’s se envolve sempre que a WMF pensa em adicionar novos recursos às suas máquinas WMF Espresso ou refinar seu escopo existente.

Texto original publicado na Global Report Coffee.


Nesse ano tão atípico, a São Paulo Coffee Fest se reinventa para a Edição 2020.
Na primeira edição, em 2019, a SPCF foi o evento que sacudiu o público e as cafeterias da cidade.  Em duas semanas, com mais de 30 cafeterias participantes, mais de 2.000 pessoas puderam desfrutar de experiências únicas promovidas pelo evento.
O Café Especial (com letra maiúscula), sempre o protagonista, estava presente nos combos desenvolvidos pelas cafeterias. Eram deliciosas combinações de doces, salgados e cafés, em suas variadas opções (quentes, frios ou nos lattes). Os clientes curtiram e também aprenderam mais sobre os cafés que consumiam.


FIQUE POR DENTRO: MÉTODO MELITTA: O CLÁSSICO NAS CASAS BRASILEIRAS


A PRIMEIRA EDIÇÃO

Diversos cursos como perfis de torra, degustações técnicas e análise sensorial, foram oferecidos gratuitamente e muitos encontros cafeinados com profissionais da cena do café enriqueceram a experiência.

O game do evento provocou um frenesi entre os coffee lovers. Ao preencher o passaporte com os selos adquiridos nos consumo dos combos das cafeterias, o participante recebia um kit especial de preparo de café. E mais ainda, concorriam a outros prêmios e uma viagem até uma fazenda produtora.

Baristas foram prestigiados pelo concurso que elegeu os dois melhores da cidade, segundo o voto popular e também pelo júri técnico.

Portanto, foi um evento completo para dentro e fora das cafeterias e torrefações, colaborando para propagar a cultura do Café Especial.

Idealizadores da SPCF, Giuliana Bastos e Marcos Martins

DESAFIOS DE 2020

Para 2020, a SPCF estava programada para o mês de abril, mas diante do cenário mundial da pandemia e suas restrições, os organizadores adiaram os planos e encararam o desafio de repaginar o evento.

Então, dos dias 12 de agosto a 13 de setembro de 2020, a São Paulo Coffee Fest, agora em edição virtual, possibilitará que o público tenha essa experiência em casa, ultrapassando os limites geográficos.

Serão 20 Cafeterias e Torrefações de São Paulo e ABC Paulista para atender os consumidores pela venda online de Cafés Especiais dos mais variados grãos, para entrega em todo o país.


VEJA TAMBÉM: COMO FAZER UM BOM CAFÉ EM CASA ?


CAFÉ QUE TRANSCENDE A XÍCARA

A SPCF 2020 #emcasa tem também um caráter social.

O comprador poderá contribuir com o Projeto Fazedores de Café, uma ação social e voluntária, sem fins lucrativos.

Há seis anos o projeto oferece formação completa para baristas, para jovens em situação de vulnerabilidade social. Já são 8 turmas concluídas, 32 jovens formados e 90% de empregabilidade conquistada, a iniciativa se faz merecedora desse apoio.

Café do projeto Fazedores de Café, será comercializado pela Sofa Café no SPCF

E vai além, o comprador ainda receberá brindes exclusivos, contará com degustações comentadas à distância.

Também concorrerá a uma viagem até as fazendas produtoras em 2021, com a oportunidade de conhecer de perto os processos da planta até a xícara.

COMO PARTICIPAR?

São inúmeras as possibilidades para o consumidor ter essa experiência de sabores do café especial em casa.

As vendas serão via Whatsapp, Instagram, site, plataformas de delivery e também no formato take-away.

Serão 30 dias de oportunidade para consumir e também presentear alguém especial.

Fique de olho nas redes sociais da SPCF, publique sua experiências com as hastags #spcf #spcf2020 e aproveite!

Acesse o Instagram do SPCF 
Confira o Facebook do SPCF

A World Coffee Events (WCE) e a Specialty Coffee Association (SCA) anunciaram o cancelamento dos Campeonatos Mundiais de Café em 2020 devido ao impacto das restrições internacionais a vistos e de viagens relacionadas a pandemia.

Anúncio da Campeã WBC 2019 | Boston.
Crédito: Lanny Huang for World Coffee Events

As organizações disseram que o cancelamento dos Campeonatos Mundiais de Café em 2020 ocorreu devido ao ambiente atual de restrições para viagens projetado até novembro deste ano, o WCE e a SCA decidiram cancelar os eventos de 2020 e se concentrar na temporada de campeonato de 2021.

O World Barista Championships e o World Brewers Cup estavam programados para acontecer de 3 a 6 de novembro na feira Melbourne International Coffee Expo (MICE), que agora foi cancelada.

O World Coffee in Good Spirits, World Latte Art, World Cup Tasters, World Coffee Roasting e o Cezve/Ibrik Championships estavam programados para ocorrer durante o World of Coffee Warsaw de 15 a 17 de outubro.

O WCE diz que sabe que isso é uma notícia decepcionante para muitos e lamenta profundamente que não haja maneira viável de reunir concorrentes globais este ano.

Tendo em vista os desafios logísticos de localizar esses eventos e acomodar competidores excedentes, o WCE exige que os Organismos da Competição enviem apenas um competidor para cada campeonato em 2021. Isso significa que os Campeões Nacionais que já conquistaram o título em 2020 participarão do campeonato de 2021. Além disso, os termos de sanção para 2020 serão estendidos, para cobrir o ano da competição de 2021.

Essas alterações no cronograma podem ter efeitos diferentes de acordo com diferentes circunstâncias locais. O WCE e os Diretores Regionais da SCA estão trabalhando com os coordenadores do Organismo da Competição para ir para as próximas etapas, conforme apropriado.
Veja a publicação original da WBC clicando aqui.

Qualquer pessoa com perguntas pode entrar em contato pelo e-mail info@worldcoffeeevents.org

 

 

Nos últimos dias andou circulando em diversos grupos de WhatsApp um audio de um senhor dizendo que café moído e embalado a vácuo é feito de sangue de boi com o objetivo de oferecer mais peso e volume ao produto.

ESCUTE O AUDIO FALSO AQUI:

Essas informações SÃO FALSAS e prejudicam o trabalho de toda a cadeia produtiva.

Em NOTA DE ESCLARECIMENTO a ABIC (Associação Brasileira da Indústria do Café) destacou que o áudio em questão é FAKE NEWS e salientou que os cafés certificados pela ABIC são analisados e monitorados periodicamente com a garantia da pureza e qualidade do produto.

As imagens que circulam junto com o audio são as seguintes:

 

 

 

 

 

 

 

Fazendo a análise justa do audio, podemos concluir que a única verdade proferida pelo senhorzinho é quando ele diz:
_Você quer tomar um café puro? É aquele no mercado (ou na cafeteria) que você vê em grão.
Mói na hora.

Nisso todos nós concordamos…

×