fbpx
PARA BARISTAS

A HISTÓRIA DO MÉTODO KOAR

Pinterest LinkedIn Tumblr

Você conhece a história do método Koar? Venha saber a jornada do método de extração de café genuinamente brasileiro, que é jovem, mas já tem muitas experiências para contar!

Sempre nos lembramos que o Brasil é o maior produtor de café do mundo, porém éramos carentes de métodos de extração desenvolvidos por brasileiros, não é mesmo? 

Contribuindo para mudar esse cenário, em março de 2017, o Café, elemento que sempre aproxima as pessoas, reuniu alguns de seus entusiastas: um publicitário (Fernando Sá), uma barista (Lidiane Santos / Kaffe Torrefação e Treinamento) e um engenheiro mecatrônico (Filipe Santiago) para criarem e desenvolverem um método que possibilitasse um resultado de bebida doce e encorpado. 

Koar de Cerâmica


UM PROPÓSITO SENSORIAL

Para alcançar o sensorial desejado, a ideia foi uma fusão de estilos de filtros e porta-filtros que favorecessem ressaltar a doçura, corpo e ainda trazer uma agradável acidez ao café.

Após alguns protótipos de silicone impressos em 3D e muitos testes, em 2017 foi lançado em Pernambuco, o primeiro Koar, feito em cerâmica vitrificada.

O design desse método cônico apresenta 16 sulcos em forma de ondas com uma profundidade que permite que o filtro de papel não fique aderido às paredes do porta-filtro. Isso cria um espaço que possibilita um fluxo de ar, de forma a favorecer maior velocidade à extração do café. 

Com uma angulação de 55°, possui um único furo central (de 15mm) para reter a saída, resultando em um equilíbrio da passagem da água, proporcionando assim, extrair um café com o sensorial almejado pelos idealizadores. 


Leia também A LÓGICA DO CAFÉ E A CONSTRUÇÃO DOS SABORES


COAR COM K

A escolha do nome ficou entre Método Koar e Metódo K  (sugestão de Eudes Santana, esposo da Barista Lidiane e sócio da Kaffe TT) , já que COAR era sua finalidade e a letra K estaria relacionada à Kaffe e Kika, também sócia da empresa. Ambos os nomes foram devidamente registrados. Como sabemos, Koar foi o eleito.

Fernando, Felipe e Lidiane, desenvolvedores do Koar

VERSÕES DO KOAR

Koar de cerâmica

O Koar de Cerâmica é artesanal e por ser pintado à mão, cada peça é singular, sendo apreciado inclusive como peça decorativa. Suas cores são inspiradas em asas de borboletas e assim como na natureza, cada uma delas é única.

Mas o Café continuou favorecendo encontros providenciais para o time da empresa Koar. No início de 2019, após servir e encantar Fernando Sá com um bom café servido num copo especial de chocolate, Juscelino Bourbon (barista e engenheiro) assumiu o desafio para o desenvolvimento do Koar em metal. Com sua expertise em plásticos e muita pesquisa, trouxe ainda a solução para o desenvolvimento do método em outros materiais. Hoje segue à frente dos projetos como sócio da empresa.

Koar de Acrílico

A produção do Koar de Cerâmica se mantém em Pernambuco, berço da cultura brasileira do artesanato em barro. Já os outros materiais têm sua manufatura no interior de São Paulo.

 O Koar de Acrílico, lançado em novembro de 2019  tem o preço mais acessível e maior capacidade produtiva, sendo o modelo mais popular entre eles.

 

Koar de Aço Inox

O Koar de Aço Inox, traz a possibilidade de acoplar uma válvula que possibilita retenção do líquido da extração ainda dentro do porta-filtro. O sistema permite uma infinidade variações de receitas, já que torna o coador um método híbrido entre percolação e infusão.

 

NOVOS PRODUTOS

A Koar Café do Brasil também desenvolveu e já disponibiliza no mercado seu próprio filtro de papel, que é produzido com a qualidade da Celupa®  tendo a versatilidade de se encaixar perfeitamente também no porta filtro V60-02 da Hario. 

Filtro de papel Koar

A empresa oferece ainda outros acessórios como suportes, decanter e bolsas e, segundo Fernando Sá, brevemente será lançado o modelo do Koar em Porcelana, além de outros acessórios como xícaras, canecas, estação de extração e novo decanter.

Já com diversos pontos de distribuição em alguns estados no Brasil, a Koar têm planos para exportação em 2021, com acordos sendo firmados na América Latina; Kika Lira (uma das sócias da empresa), já está na Europa preparando tudo para o Koar chegar lá também. 

KOAR EM CAMPEONATOS

Em março de 2019 surgiu a primeira Copa Koar, em parceria com a IL Barista Cafés Especiais em São Paulo. O evento contou com 30 competidores que apresentaram aos juízes sua melhor receita no Koar e o barista Rafael Rodrigues faturou o primeiro lugar. 

Em novembro de 2019,  a Associação Brasileira de Cafés Especiais (BSCA) realizou na S.I.C ( Semana Internacional do café) o Campeonato Brewers Cup sob licença da WCE (World Coffee Events).  Luis Felipe Regueira, representante da empresa Koar, e também um dos baristas envolvidos nos testes de desenvolvimento do método, estreou sua participação em competições com o recém lançado Koar de Acrílico e garantiu, com muita emoção, o terceiro lugar no pódio.

Luis Felipe Regueira

Em março de 2020, aconteceu a segunda edição da Copa Koar. Dessa vez, dentre 27 competidores, a final foi disputada por três baristas mulheres e a campeã foi Jéssica Lada, que venceu com sua receita no Koar de Acrílico. Mariana Bahls foi a segunda colocada e eu, Andrea Menocci, conquistei o terceiro lugar, com muita alegria.

Eventos assim fomentam todo o setor cafeeiro, pois reunem todos os elos do mercado de cafés, desde produtores, torrefadores, cafeterias até baristas e coffeelovers em um encontro recheado de valores que incentivam o consumo cada vez mais apaixonado por cafés especiais.

INDICAÇÃO DE RECEITA

A capacidade máxima sugerida para o Koar é 30 g de Café, já que que seu volume máximo comporta até 300 ml.

Para elevar mais ainda a doçura é recomendada uma pré-infusão de 30 a 40 segundos e em seguida mais dois ou três despejos até completar o total da água utilizada conforme a proporção da receita que lhe agrade.

De acordo com Luís Felipe e os campeões das duas primeiras edições da Copas Koar, o método tem muita qualidade,  seu desempenho traz versatilidade, uma vez que permite o desenvolvimento de diversas receitas com ótimos resultados na xícara, sendo ideal para uso pessoal ou profissional.

Método Koar

Leia também MEXER OU NÃO MEXER: O GUIA DEFINITIVO DA AGITAÇÃO


Até o momento, essa é a história do método Koar,  e não é à toa que se tornou o método queridinho de muitos baristas e coffeelovers.  Além de ser um produto nacional (100% criação pernambucana), traz essa riqueza de detalhes, emoções e ainda mais experiências sensoriais para apreciarmos nossos primorosos cafés.  

De fato, o Koar ainda tenha muitas histórias para contar e encantar! Vamos Koar ?

Que tal começar pelo meu ebook gratuito?
Clique aqui, para baixar.

×