fbpx
Category

MERCADO

Category

A pandemia da Covid-19 afetou diferentes negócios, dentre eles o mercado de cafés especiais. Além das cafeterias que precisaram se moldar à esse novo contexto,  os campeonatos adotaram novos formatos para se adequar aos protocolos de prevenção.

Para entender a nova realidade, entrevistamos Edgard Bressani, diretor da Capricornio Coffes, que contará a sua experiência na Gulfood, primeiro grande evento internacional no setor de bebidas e alimentos realizado de forma presencial em 2021.

Continue a leitura para entender como foi o evento!

Sobre Edgard Bressani

Edgard Bressani é um dos grandes nomes do mercado de cafés especiais, é autor do livro Guia do Barista, que atualmente está na 5ª edição. Em 2004, tornou-se o primeiro juiz brasileiro certificado internacionalmente pelo World Barista Championship.

Atualmente, é sócio diretor da Capricornio Coffees, exportadora de cafés especiais de seis regiões produtoras brasileiras no estado de São Paulo e Paraná.

Preparação para a Gulfood

Edgard Bressani foi convidado para ser juiz do Campeonato de Brewers, evento inserido na Gulfood 2021, maior feira de alimentos e bebidas do Oriente Médio, realizada em Dubai.

O exportador brasileiro comenta que a preparação para o evento, recebeu um cuidado redobrado, devido à pandemia. Ele realizou o exame de PCR (para detectar a presença do vírus) 72 horas antes de sair do Brasil.

“Isso não quer dizer que você não tenha que ser testado de novo quando chegar no aeroporto de destino. As filas são longas, mas, se o país é organizado, você recebe o resultado pelo celular. Se testar positivo, entra em quarentena. Ficar 14 dias confinado no hotel requer um investimento alto”, ressalta.

Edgard Bressani
Edgard Bressani. Foto: Gilmar Oliveira

Para conseguir chegar à Dubai, fez uma conexão em Doha, pois a companhia aérea que Edgard contratou, cancelou os voos do Brasil até o fim de fevereiro. A restrição de entrada de estrangeiros foi uma medida adotada por alguns países para conter a pandemia.


LEIA IMPORTÂNCIA DO INGLÊS PARA O BARISTA BRASILEIRO


Como foi a Gulfood

O evento ocorreu de 21 a 25 de fevereiro, com participantes do mundo todo. Por ser um evento presencial em meio à pandemia, houve todo um cuidado em adotar novos protocolos para não disseminar a Covid-19. A Gulfood 2021 teve a participação de 42 empresas brasileiras.

O juiz principal, Edgard Bressani descreve como foi a sua preparação e dos demais juízes na avaliação do Campeonato de Brewers.

“Nós, juízes, tivemos de fazer teste PCR um dia antes para poder passar os cinco dias julgando juntos. As máscaras dos juízes eram retiradas apenas para poder provar os cafés, e havia ainda uma separação acrílica entre eles. Como juiz principal, eu não podia retirar minha máscara, uma vez que não ia provar o café”, destaca.

cupping
Avaliação de cupping

Além disso, Edgard Bressani, comenta que a organização do evento preocupou-se em encarregar uma pessoa para limpar com álcool, a maçaneta da porta da sala dos juízes. Também colocou as cadeiras a 3 metros uma da outra, como uma maneira de respeitar o distanciamento social.

Apesar de toda a readaptação para que o evento pudesse acontecer, Edgard Bressani salienta que a competição não deixou de cumprir o seu objetivo.

“Mesmo com todas as limitações, ainda tivemos uma competição muito emocionante, com baristas excelentes e cafés maravilhosos”, destaca.

Entrevista com Edgard Bressani

Abaixo, você pode conferir mais detalhes da entrevista com Edgard Bressani, em que ele fala sobre a importância do idioma para os baristas e mercado de cafés especiais no Brasil e no mundo.

×