O carnaval está aí e boa parte dos brasileiros já iniciam nessa sexta-feira a celebração de uma das épocas mais aguardadas do ano . Existe inclusive uma frase muito disseminada que diz que para o brasileiro “o ano só começa depois do carnaval”.

Exageros a parte, temos a certeza de que, além do carnaval, o brasileiro ama café.

Muitos já estão preferindo utilizar o café como energético natural na composição de drinks alcoólicos,  ao invés das bebidas energéticas em lata consideradas mais artificiais. Por isso, vamos listar algumas vantagens de utilizar café  para dar aquele gás extra nas folias de carnaval.

Diminui a sensação de cansaço mental

Estudos realizados na Universidade de Estrasburgo, na França, comprovaram que aqueles que ingerem cafeína tendem a ter mais facilidade para focar em alguma tarefa, mesmo quando estão cansadas e fatigadas.  No carnaval, é energia e concentração extra para as festas de rua que são animadas, mas também cheias de desafios!

Melhora a memória e o estado de alerta

Estudos realizados na Johns Hopkins University, nos EUA, comprovaram que cafeína auxilia na memória, principalmente para quem não consome a bebida exageradamente. A bebida  inibe a recepção de adenosina, substância produzida pelo corpo, que provoca sensação de sono e cansaço. A cafeína se conecta com os mesmos receptores da adenosina e por isso pode reduzir a sensação de fatiga e aumentar o estado de alerta. Numa festa como o carnaval e no meio de muita gente, é importante estar alerta a tudo o que está acontecendo ao seu redor. Sejam acontecimentos positivos ou negativos.

Ajuda a melhorar o humor

A bebida permite que a dopamina e a glutamina, outros estimulantes naturais produzidos pelo cérebro, circulem livremente, deixando a pessoa  menos entediada, ajudando assim na melhoraria do humor.
Humor, Carnaval e Café formam então o trio elétrico para carnavalesco nenhum botar defeito.

E você, pretende usar o café como um aliado da folia?

Compartilhe essa notícia com seus amigos foliões.


Siga o BARISTA WAVE no Instagram, LinkedIn e Facebook